Agricultor que tem empregados não é obrigado ao pagamento de Funrural

Decisão do TRF da 1. Região é mais um julgado que endossa o entendimento de que o agricultor que contribui para o INSS, sobre a folha de seus empregados, não pode ser cobrado por Funrural, descontado das vendas. O Judiciário entende que se trata de bitributação.


A decisão, de segundo grau, considerou ilegal a retenção para contribuição ao FUNRURAL nas vendas feitas por agricultor que emprega funcionários e recolhe contribuição sobre a folha de pagamento.

“O efeito da declaração de inexigibilidade da contribuição em exame repercute na sistemática prevista para o seu recolhimento - substituição tributária -, de forma que o adquirente dos produtos não deve promover a retenção, na condição de responsável tributário, para posterior repasse à autarquia previdenciária”, destacou a desembargadora federal Maria do Carmo Cardoso.

Reconhecido o direito de crédito, o valor pode ser restituído mediante compensação ou cumprimento de sentença.

Fonte: TRF1.



Tags: direito tributário contribuições FUNRURAL agricultura

VOLTAR
  • Facebook
  • Telegram