Reestruturação pode virar o jogo em favor de empresário rural

Produtores rurais em crise podem recorrer à reestruturação empresarial para reverter situação e manter atividade produtiva


As notícias recentes sobre a situação de crise enfrentada por produtores rurais evidenciam as circunstâncias que fazem o setor acumular perdas relevantes. Enxurradas que prejudicam a safra de grãos; problemas com o Mercosul, que fazem cair preços de produtos lácteos, trigo e arroz; as indefinições em torno da constitucionalidade do Funrural; e as incertezas sobre acesso a crédito rural e juros aplicáveis ao agronegócio são alguns exemplos. Situações que trazem à tona a necessidade de análise profunda nos processos gerenciais para manter viáveis negócios rurais.

Administrador, coordenador da área de inteligência de mercado e cenários econômicos na Biolchi Empresarial,  Adriano José da Silva, acredita que  a reestruturação empresarial é uma ferramenta capaz de contribuir com os produtores rurais, empresários do agronegócio para reverter situações de crise no setor. Segundo ele, no caso da atividade rural,  "diante do cenário econômico de volatilidades, elevação de custos, falta de rotatividade, mudanças climáticas com consequência de perdas de produção e a guerra comercial entre EUA e China é imprescindível reinventar e recriar negócios", afirma. O especialista explica que  a redefinição de foco e a consequentemente reestruturação das empresas podem gerar novas oportunidades e um novo posicionamento diante do mercado. Ele afirma que a reestruturação permite "reconhecer e acompanhar tendências, a concorrência, as novas plataformas tecnológicas" argumenta Silva.

Adriano explica que a reestruturação parte de uma análise completa da organização, traçando as características do negócio, identificando deficiências financeiras e operacionais, avaliando ativos e passivos e todos os procedimentos internos, incluindo contratos e possibilidades de crédito. "Os estágios do plano de reestruturação são definidos em amplo diagnóstico. Caso a origem do problema seja operacional, as ações levarão em conta a busca pela retomada da eficiência" resume o especialista.

De acordo com o especialista, se o diagnóstico identifica desafios estratégicos para o negócio, as ações terão como foco "linhas de produtos, formas de fazer negócios, canais de marketing, reestruturação da política de recursos humanos, adequando as pessoas ao novo desenho estratégico e em especial no setor de produção de commodities uma estruturação de custos para a atividade".

VOLTAR
  • Facebook
  • Telegram